Início

Belo Horizonte 01-Aug-2014
   
Clique no vídeo para iniciar
--------------------------------------------------------------

Veja mais vídeos...

Cadastre para receber as nossas notícias



UMA BATALHA PELA BANDA LARGA
Todos sabemos do poder de fogo das operadoras para combater medidas que não representem a maximização dos seus lucros. Mas um contrato de concessão tem que representar os interesses dos três envolvidos: as próprias empresas, o Estado e, principalmente, os cidadãos. Como compete à Anatel zelar pelo interesse público, a postura da agência é decisiva nas consultas públicas 25 e 26, para discutir a renovação dos contratos de concessão e o novo PGMU - Plano Geral de Metas para Universalização do serviço telefônico fixo. Pois o direito das empresas de auferir lucros na prestação dos serviços não pode impedir a universalização do acesso à banda larga, um direito de todos.
 
Ler mais...
 
 

Envio de torpedos a clientes pela Oi é considerado abusivo pelo STJ

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou procedente ação proposta pelo procurador Júlio...Leia mais...

Mais de 260 mil já se inscreveram no Sisutec; inscrições terminam amanhã

O Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) registrou 260,6...Leia mais...

GVT - ACT 2014/2015

O Sinttel-MG convoca todos os trabalhadores da GVT, no próximo dia 25 de...Leia mais...

MGS PRESTA ESCLARECIMENTOS POR DESCUMPRIMENTO DA CLT

Representantes da MGS foram convocados pelo Ministério do Trabalho e Emprego a prestar...Leia mais...


Mais: Últimas Notícias

 
Bodim
Boletim
Publicações
Soltando o Verbo